5 de 5

Happy 30 years for me.

 

 

Anúncios

4 de 5

Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo e bem feito. {Pitágoras}

DSCN0008

~ 30 dias

 

 

3 de 5

O que posso escrever para definir a juventude?

Que ela é um momento, sim,  um momento que pode ser vivido na adolescência, na idade adulta e por que não aos noventa anos de idade?

É um estado de espírito, não uma “fase estática” na vida de cada um.

IMG_20160321_105701

~ 60 dias

 

 

2 de 5

IMG_20160222_065302O tempo quase nos sufoca, mas o pouco fôlego nos deixa: sonhar, acreditar e realizar.

“Esperar é doloroso. Esquecer é doloroso. Mas não saber o que fazer é o pior tipo de sofrimento.”

~90 dias

 

1 de 5

IMG_20160121_192257E a vida vai correndo e com ela vamos correndo junto, para não ficar para trás… O tempo quase nos foge, mas nos permite: sonhar, acreditar e realizar.

“Vá até onde sua vista alcançar e, ao chegar lá você sempre conseguirá enxergar mais longe”

~ 120 dias

Recuperação

Olá, ando sumida por dois motivos:

1º um amado temporal destruiu com o acesso a internet e

2º recuperação de uma pequena cirurgia.

Ao ficar sem acesso a internet, pude me dedicar a leitura em conjunto com a recuperação, até agora está funcionando, o calor está infernal, mas há uma luz no fim do túnel que diz que entre amanhã e quarta vai amenizar. Fui consultar minha nota no ENEM, só tenho a dizer que não zerei na redação, mas que a nota não foi tão boa assim. Enfim, com acesso precário a internet, acabei por perder um pouco as atualizações, mas assim que possível coloco tudo em dia. (blogs que sigo me desculpem, e que me seguem, desculpas em dobro pela  falta de atualizações.

É um tédio ficar em recuperação, mesmo que em casa, pois restringiu drasticamente minha alimentação, mas logo passa, tenho pensado muito nas coisas que estão por vir em 2015, no profissional, acadêmico e outras áreas da vida. O momento não é de tomar decisões, mas em breve terão que ser tomadas, e ando ponderando entre uma soneca, uma leitura e uma pontada de dor, sobre as reações a cada ação que será tomada.

É mais tedioso sentir que grande parte destas decisões afetarão somente e tão somente a mim, mas que fazem parte da vida e que um dia temos que escolher o que nos deixa saudáveis perante todas as injustiças sofridas e presenciadas nos últimos meses. É, 2015 será um ano de adaptações.

No mais é isso, um grande abraço a quem acompanha essa “vida tão confusa quanto a américa central” que em nenhum momento é irracional.

Quanto ao resto, só o tempo dirá…