deixar ir…

“Vê a vida escorrer pelas mãos, os acontecimentos,
as pessoas […] Deixar passar a vida em frente aos
olhos pode parecer fácil, mas causa dor no coração.
Dor por ver partir, sem poder segurar…”

despertar em um segundo

Tem um momento de nossa existência
em que a gente simplesmente
se deixa ficar para trás…

Vê a vida escorrer pelas mãos,
os acontecimentos,
as pessoas,
as diversões…

Deixar passar a vida em frente aos olhos
pode parecer fácil,
mas causa dor no coração.
Dor por ver partir, sem poder segurar…

Dor por não mais sentir
que se tem controle sobre os fatos.

Dor por se descobrir
como um grande ponto de interrogação.

Mas em algum tempo se percebe
o que é a vida de verdade…
quem é o eu verdadeiro…
que estar submetido a uma força grandiosa de acontecimentos
e aceitar-se como parte disto
é na verdade ser sábio.
E pacífico.

É na verdade aceitar e não mais guerrear…
É admitir a si mesmo que houve tropeços,
auto-enganos no passado…
Mas que eles foram também parte da própria história.

20140711-223531-81331562.jpg

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s